quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Pragas e doenças ...

Normalmente vemos fotos na internet e livros de cactos bonitos e sem nenhum problema, mas de vez em quando aparecem visitantes indesejados ... as pragas.


Acima um cacto que foi atacado por doença causado provavelmente por ataque de pequenos bichinhos, que podem ser ácaros, pequenas aranhas, ... e as bactérias e fungos adoram feridas abertas.

Não tenho estufa profissional, somente uma bancada no quintal e mini-estufas pet, como na foto abaixo, feito de garrafa de óleo (na foto uma adenium se adaptando ao sol) que protege da chuva e da maioria das pragas.
Por isso uso as estudas pet para proteger as plantas, principalmente quando recém germinados.



Abaixo vemos uma mancha marrom, tbm causado provavelmente por queimadura de sol, seguido por ataque de fungos.
Sim o cacto pode sofrer com queimaduras de sol... isso pode acontecer qdo o cacto veio de uma estufa protegida e foi levado a tomar sol... a estufa mantem uma ambiente controlado e antes de voltar ao ambiente "normal" precisa se adaptar.
Normalmente é uma mancha isolada como na foto, e muitas vezes a lesão não evolui, mas o machucado não se recupera mais.



Agora o meu maior problema: as cochonilhas. Na minha opinião são as mais chatas... difícil de limpar e exterminar.
Os cactos tem apresentado duas espécies dessas pragas: uma branca e outra marrom claro.



Esse pó branco da foto são as cochonilhas, muitas vezes fica melado... Qdo vc amassa normalmente sai um liquido alaranjado.





Esse marrom (meio acinzentado) tem uma espécie de casca/armadura... mancha a planta por onde passar...

Ambas são difíceis de acabar.

Elas aparecem por conta da falta de higiene e circulação de ar. Dentro de casa isso costuma acontecer com mais frequência.

Não tenho fotos de um outro tipo de praga q acontece por falta de circulação de ar. É um pó preto, parecido com fuligem.

Como prevenir que essas pragas apareçam?!
100% de proteção não existe... mas para evitar q aconteça, vc deve saber qual o ambiente ideal para cada planta, cacto, suculenta, ou qq outra. Conhecer o ambiente ajuda muito! Se gosta de sol, se aceita chuva, ou gosta de água.
Outra coisa importante é a umidade excessiva. As únicas plantas que gostam de vaso cheio de água, são as de alagados ou aquáticas... portanto, o substrato não pode ficar com água acumulada. Use um q tenha boa drenagem.
Tem uma sugestão aqui: plantando cacto passo a passo.

Agora o assunto principal desta postagem: como combater pragas em cactos e suculentas?
Os engenheiros agronômicos, técnicos agrícolas, e afins, tem como recurso fungicidas e inseticidas sistêmicos. Estes são perigosos e devem ser usados com bastante cuidado, de preferência com uma consultoria profissional. Mesmo porque... não podemos comprar sem o CREA (documento de registro destes profissionais).

Agora podemos tomar algumas atitudes que podem salvar os cactos e suculentas. Valem para orquídeas e outras plantas também.

Para as cochonilhas temos produtos vendidos em casas de jardinagem e produtos a base de óleo, como exemplo o óleo Neem. Antes de aplicar o produto, retire do vaso, inclusive a terra; e limpe a planta com água e um pouco de detergente neutro por inteiro. Literalmente lave, mas cuidado para não machucar. Depois aplique sobre a planta e mantenha a sombra até que o produto esteja bem seco. Faça no final da tarde ou em dias nublados, pois o sol pode literalmente queimar e cozinhar os cactos e suculentas. Finalmente replante em um vaso limpo com um novo substrato.
Importante! Não use o mesmo substrato.

As cochonilhas adoram a falta de circulação de ar e a falta de água... um banho de água (no caso preventivo, não precisa desmontar o vaso) mensal no período quente ajuda a manter longe esta praga.
Outra dica, é ficar de olho se nenhuma formiga esteja presente. Elas adoram trazer as cochonilhas e tbm outra praga: os pulgões (mais comum em suculentas do q cactos).

Para pulgões: os pulgões são pequenos insetos gordinhos. Tem muitas variedades: amarelos, pretos, verdes, ... Inseticidas são bem eficientes neste caso.

Tanto as cochonilhas qto os pulgões abrem feridas... e por elas entram os fungos e bactérias. O q acaba acontecendo qdo os fungos entram é o apodrecimento da planta.

Para fungos, ácaros e bactérias podemos usar uma solução de 1 para 10 de água com água sanitária. Borrife a solução sobre a planta atingida, não esquecendo de fazer longe do sol. Podemos usar também solução de fumo, ou ainda solução com alho e sabão.

Concluindo e resumindo: mantenha suas plantas bem nutridas, em um ambiente o mais parecido possível do lugar origem, e com uma boa higiene.
Qualquer machucado na planta é entrada para problemas maiores... fungos e bactérias q causa a podridão (derretimento, ou amolecimento dos cactos e suculentas)

Preparo da solução de fumo: pode ser fumo de corda ou o comprado em lojas de jardinagem (este é o mais fácil de usar q vem com a dosagem pronta). Coloque em 2 litros de água 100 gramas de fumo por 24 horas. Para melhorar o efeito pode acrescentar 100 gramas de sabão neutro (não pode ser detergente, ou sabão em pó).Peneire a solução e dilua na proporção 1 litro de água para 5 colheres de sopa da solução e borrife a cada 15 dias.
Preparo da solução de alho: 200 gramas de alho, mais 20 gramas de sabão neutro, e 1 litro de água. Bata no liquidificador depois peneire. A solução concentrada deve ser aplicada na proporção de 1 para 20 de água. Borrife na sombra a cada 15 dias.
As soluções devem ser usadas em no máximo 24 horas após o preparo.

Não é tão eficiente qto os defensivos agrícolas mas pelo menos não é tão tóxico e não necessita de documentos para a compra dos materiais.

Dicas: para que o efeito se mantenha, faça o processo de limpeza regularmente, e mantenha as plantas infestadas separado das saudáveis.  Ah! Uma boa nutrição para as plantas ajuda tbm.

Quer saber mais sobre adubação? Como adubar cactos e suculentes.